Operador de Empilhadeira

Com apenas 2 dias de curso (sexta à noite e sábado), você pode sair com certificado e uma carteira de habilitação para operar veículos industriais, as chamadas empilhadeiras. O investimento é de apenas R$ 199,91.

O salário inicial de um operador de empilhadeira é de R$ 1.100,00 e pode chegar a R$ 1.800,00 por mês, para quem tem um curso específico na área.

A Seduc é a escola mais conceituada entre as indústrias. Quem tem diploma SEDUC, tem mais chance de conquistar uma vaga no mercado de trabalho!

 – OBJETIVO

O objetivo deste curso é treinar profissionais na utilização de empilhadeiras, de forma correta e segura, dotando-os de conhecimentos teóricos e práticos, objetivando obter a habilidade na operação e manutenção de cargas, tudo de acordo com a Norma Regulamentadora (NR 11).

 

 – MERCADO DE TRABALHO

O operador de empilhadeira está presente em todas as atividades industriais ou empresariais que executem movimentação e armazenagem de produtos.

 

 – BASE SALARIAL

Os profissionais que atuam como Operador de Empilhadeira recebem salários que variam de R$ 1.100,00 a R$ 1.800,00 por mês.

 

 – QUEM É?

É o profissional habilitado e responsável pela operação de veículos industriais, na movimentação de cargas e produtos. Sua habilitação somente é concedida após o treinamento em escola reconhecida oficialmente.

 

 – PÚBLICO

Profissionais que pretendam atuar na operação de veículos industriais.

 

 – CARGA HORÁRIA

MODALIDADE GRUPO (PRESENCIAL): 20 horas-aula (45 minutos) em apenas dois dias. Às sextas-feiras, com aulas teóricas das 18h30 às 21h30; continuando aos sábados, com aulas práticas das 8h30 às 18h, com uma hora de intervalo. Turmas iniciando também às segundas, terças e quartas-feiras, das 18h30 às 21h, ou conforme a disponibilidade das turmas. CAPACIDADE DAS TURMAS: as turmas serão compostas por cerca de 17 alunos, sendo que a SEDUC se reserva o direito de cancelar ou prorrogar a oferta da disciplina caso esta não preencha um número mínimo de 10 inscritos.

 

 – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Teórico (sexta-feira ou  primeiro dia)

  • Classificação dos veículos por fabricante, tamanho, combustível e aplicação.
  • Estabilidade frontal (ponto de apoio – princípio da alavanca) e lateral (centro de gravidade, base e centro de carga);
  • Componentes do veículo (motor, transmissão, embreagem, diferencial, chassis e contrapeso, sistema hidráulico, sistema de elevação, pneus, comandos e instrumentos do painel);
  • Regras de Operação NR11 do Ministério do Trabalho, incluindo as regras de segurança e as regras básicas de operação – partida, rampas, frente, ré, corredor estreito, manobrabilidade, obstáculos, parada, estacionamento, movimentação de cargas normais e especiais, técnicas de empilhamento e desempilhamento.

Prático (sábado ou segundo dia) – Exercícios evolutivos

  • Verificação da manutenção diária, pelo operador;
  • Identificação das partes da máquina;
  • Identificação das alavancas de comando e instrumentos do painel;
  • Operação com máquina parada (reconhecer os movimentos básicos);
  • Operação sem carga (avante/ré, slalow grande/pequeno);
  • Operação com carga (slalow pequeno, empilhamento, rampas e outros, de acordo com suas aplicações).

 

 – INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES

Para obter mais informações, clique aqui.