A área da indústria: Saiba como ela está crescendo

industria-seduc

A indústria é o meio de transformação de matéria-prima em produtos e bens de consumo. Com isso, são muitas as possibilidades de atuação nesse ramo. Porém, com a evolução tecnológica é importante lembrar que não há margem para amadorismo nesse setor da economia, pois se tem uma exigência cada vez maior por capacitação para adentrar-se nesse mercado.

HISTÓRIA

industria-3

A definição de indústria é dada para o ato de se transformar matéria-prima em produtos e bens de consumo, através de mão de obra. E esse ramo pode atender diversas áreas, tais como alimentos, produção de automóveis, indústria gráfica, fabril entre muitas outras, porém ela nem sempre teve os moldes que conhecemos hoje e para chegar até aqui passou por grandes transformações desde seu início.

Em tempos primórdios, os produtos eram confeccionados por artesãos que mantinham domínio sobre o meio de produção e a mão de obra, ou seja, eles mesmos confeccionavam a matéria-prima e através de seus conhecimentos a transformavam no produto final. Por exemplo, um artesão que fazia uma cadeira, para que se chegasse ao objeto finalizado ele cortava a árvore dava o tratamento necessário à madeira para, só então, começar a confeccionar a cadeira em si. Isso demandava tempo e grande exclusividade, pois não se tinha estoque nesta época, era tudo feito por encomenda ao próprio artesão.

A partir do momento que a burguesia ascende na Europa, comerciantes começam a sentir necessidade de estocar produção para a venda. Com isso eles começam a reunir artesãos que, até então, formulavam seus produtos de forma individual.

Os comerciantes arcavam com os custos da matéria-prima e local para produção enquanto os artesãos forneciam a mão de obra coletiva, o que acelerava a elaboração dos produtos dando ao burguês a possibilidade de ter quantidades maiores estocadas e prontas para venda. Ainda usando o exemplo da cadeira, ao mesmo tempo em que se confeccionava uma cadeira, eram produzidas várias, pois eram vários os produtores de um mesmo bem.  Com isso, a indústria começa a ter traços do que conhecemos hoje.

Não demorou muito para que cada um dos envolvidos na produção desenvolvesse parte do produto e não mais ele inteiro, o que torna ainda mais ágil o trabalho. A partir daí, o nível de tecnologia investido na indústria evolui continuamente em ritmo acelerado até chegar às indústrias contemporâneas.

MERCADO ATUAL

industria2

Atualmente quase tudo que consumimos passou por uma indústria. A produção em grande escala já domina é realidade de remédios, alimentos, roupas, móveis e muitos outros itens presentes no dia a dia.

A indústria é um ramo que movimenta muitas economias e alavanca o crescimento de diversos países. Pois ela é capaz de explorar matéria-prima abundante de determinado território e transformá-la em produtos que podem ser exportados e consumidos pelo  mundo todo. Com isso, economias são alavancadas e crises são vencidas sem muitas dificuldades.

Por esses motivos a indústria se mostra um excelente mercado para seguir carreira, porém, como já dito, a tecnologia empregada na indústria é contínua e cada vez mais avançada. Com isso, em empresas do ramo da indústria a figura do operário já é ultrapassada, o que realmente se precisa é de colaboradores capacitados que entendam o processo de produção como um todo.

Apesar de financeiramente o mercado não estar muito saudável, o profissional que possui qualificação raramente será atingido por isso no mercado da indústria, pois mão de obra qualificada nessa área não se tem em abundância. Logo, quem possui qualificação sai na frente dos demais na hora da escolha do empregador nesse mercado.

CURSOS NA ÁREA DA INDÚSTRIA EM CURITIBA

A escola SEDUC é voltada para a educação e a formação de mão de obra qualificada. Mais informações: (41) 3229-0200 | 3247-1893 ou pelo www.seduc.com.br.

No Comments Yet.

Leave a comment